• Carla Rodrigues

Preciado e a revolução

Atualizado: Mai 11


Traduzido aqui, publicado primeiro em francês, o artigo de Paul B. Preciado traz uma mais das agudas definições do que está nos acontecendo: "Se o capitalismo mundial patriarco-colonial tivesse sido capaz de organizar uma estratégia transversal, de Hong Kong a Barcelona passando por Varsóvia, para dissolver movimentos dissidentes, não teria encontrado uma fórmula melhor do que a imposta pelo vírus, com o confinamento, barreiras e a nova rastreabilidade digital dos telecidadãos. (...) Como a feminista boliviana María Galindo tem apontado, a especificidade desta pandemia não é sua taxa de mortalidade elevada, mas o fato de ameaçar os corpos soberanos do Norte capitalista mundial: os homens brancos europeus e norte-americanos de mais de 50 anos."


Leia aqui o artigo de Maria Galindo, traduzido por Viviane Bagiotto Botton.





icone yt.png
icone ig.png
telegrama.png
pngflow.com.png